Controle de Processos

Insira seu usuário e senha para acesso ao software jurídico

Notícias

Cotação da Bolsa de Valores

Bovespa 0,92% . . . .
Dow Jone ... % . . . .

Newsletter

TRT/RJ dá início à semana regional de conciliação nesta 2ª f (25/5) com audiências telepresenciais

O Centro Judiciário de Métodos Consensuais de Soluções de Disputas da Capital (Cejusc-CAP) do Tribunal Regional do Trabalho da 1ª Região (TRT/RJ) promoveu, na manhã desta segunda-feira (25/5), uma série de audiências de conciliação telepresenciais, por meio da Plataforma Emergencial de Videoconferência – Webex Meetings, instituída e disponibilizada pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ). Realizadas no âmbito da semana regional da conciliação trabalhista, que acontece de 25 a 29/5, elas refletem um esforço do Tribunal diante do cancelamento da 6ª Semana Nacional da Conciliação Trabalhista, adiada por causa do coronavírus. Ao longo da semana, os Cejuscs de primeiro e segundo graus do Regional fluminense realizarão 250 audiências virtuais para aumentar as possibilidades de conciliação em âmbito regional. A primeira videoconferência da manhã foi da segunda instância, conduzida pelo vice-presidente do TRT/RJ e coordenador do Cejusc-CAP de segundo grau, desembargador Cesar Marques Carvalho. A audiência celebrou um acordo de R$ 1,15 milhão, valor a ser pago em duas parcelas, envolvendo um trabalhador e uma instituição financeira. O presidente do TRT/RJ, desembargador José da Fonseca Martins Junior, acompanhou a conciliação e, ao final, parabenizou a todos pelo bom andamento das sessões em ambiente virtual. “O Cejusc é hoje um dos principais instrumentos para composição pacífica dos conflitos de interesse, e a conciliação, o mais importante princípio do direito processual do trabalho. Hoje nós temos o Cejusc mais avançado entre todos os regionais. Isso mostra a importância da Justiça do Trabalho para a resolução de conflitos, enfrentando essa situação de pandemia que atravessa o país. Essa conciliação foi uma demonstração de inteligência e razoabilidade, e mais uma vez comprova a capacidade do Tribunal”, declarou. Para o desembargador Cesar Marques Carvalho, a conciliação telepresencial marca um novo avanço para a Justiça do Trabalho, que viverá uma nova realidade após a passagem da pandemia. “Apesar de toda a crise que o país atravessa, estamos conseguindo adequar nosso Tribunal, ainda que de forma eletrônica e distante. Temos que nos adaptar, porque o nosso futuro nos leva a crer que será dessa maneira. O Judiciário está avançando para uma nova fase, como um órgão que irá atender também de forma virtual, evitando com isso o deslocamento das partes, sem falar que não será mais necessária definitivamente a utilização de papel, preservando com isso o meio ambiente”, afirmou. Também participaram da audiência de conciliação telepresencial o coordenador do Cejusc-CAP de primeiro grau, o juiz do trabalho Múcio Borges, os presidentes da Associação dos Juízes do Trabalho (Ajutra) e da Associação dos Magistrados da Justiça do Trabalho da 1ª Região (Amatra 1), juízes Claudia Marcia de Carvalho Soares e Flávio Alves Pereira, respectivamente, além do diretor da Secretaria-Geral Judiciária do TRT/RJ (SGJ), Fabio Petersen Bittencourt.  Leia também: Cejusc do TRT/RJ realizará semana regional de conciliação com audiências virtuais de 25 a 29/5    
25/05/2020 (00:00)
© 2020 Todos os direitos reservados - Certificado e desenvolvido pelo PROMAD - Programa Nacional de Modernização da Advocacia
Pressione as teclas CTRL + D para adicionar aos favoritos.